O PECADO ENGANA

 “Pequei contra ti, contra ti somente, e fiz o que é mal perante os teus olhos, de maneira que serás tido por justo no teu falar e puro no teu julgar..(Sl 51.4)

O pecado faz propaganda enganosa. Faz propaganda de liberdade, mas escraviza. Ele promete o que não pode dar. Ele Levanta a bandeira da vida, mas seu salário é a morte. O rei Davi mais do que ninguém sentiu na pele a tragédia do pecado.

Quando Davi viu Bate-Seba se banhando e a cobiçou, adulterando com ela em seguida, não podia imaginar o fim daquele túnel (cf 2Sm 11). Talvez pensasse que seria apenas uma aventura. Talvez até tivesse racionalizado e justificado seu ato desvairado, dizendo que tinha que relaxar um pouco. Mas, o pecado não é algo passageiro nem superficial. Seus efeitos são profundos e mais duradouros do que você pode imaginar. Davi além de adulterar com Bate-Seba deu outros passos rumo ao abismo. Ele mentiu acerca do seu pecado e mandou matar o marido da sua amante (2Sm 11.14-25). Ele perdeu a autoridade espiritual sobre sua família. Ele viu sua casa desmoronando diante dos seus olhos (2Sm 12 – 15). Ele colheu os amargos frutos da sua maldita semeadura. Roguemos forças ao Senhor para não cairmos no engano do pecado que tenazmente nos assedia.  Amém!

Por Rev. Ronaldo  P. Mendes

2 Comentários

Comentários não permitidos.