O PECADO DA SIMONIA

Simonia pode ser definida como a venda de favores divinos, bênçãos, cargos eclesiásticos, prosperidade material, bens espirituais, coisas sagradas, e outras coisas mais. A etimologia da palavra provém de Simão, mencionado por Lucas em Atos dos Apóstolos (8, 18-19), que tentou comprar de Pedro o poder de transmitir pela imposição de mãos o Espírito Santo ou de efetuar milagres.


Na Idade média a simonia provocou sérios problemas à postura moral da Igreja. A prática da simonia foi uma das razões que levou Martinho Lutero a escrever as suas “95 teses” e a rebelar-se contra a autoridade de Roma.

Hoje, infelizmente a simonia é uma das principais características do neopentecostalismo brasileiro, onde bênçãos e prosperidade são trocadas por dinheiro. Igrejas como a Universal do Reino de Deus, Internacional da Graça, dentre tantas outras , tem ao longo dos anos propalado heresias das mais estapafúrdias, comercializando em seus cultos, objetos mágicos, utensílios ungidos, dentre outras coisas mais.

Vale a pena ressaltar que o Apostolo Pedro, diante da oferta de Simão, não se deixou levar pela tentação do dinheiro, antes pelo contrário, repreendeu severamente aquele que desejava comprar as bênçãos de Deus.

Caro leitor, a simonia é um pecado grave que deve ser combatido pela Igreja de Cristo. Sem sombra de dúvidas, a prática de comercializar a fé não é bíblica, e os que agem desta forma devem ser repreendidos, bem como chamados ao arrependimento publicamente.

Isto posto, afirmo que fazer vista grossa aos simonistas pós-modernos, constitui um grave pecado diante do Senhor que exige de nós firmeza e zelo pela sua Palavra.




Por Pr. Renato Vargens, via: cacp.org.br, titulo original: ” A IURD e a prática do simonia”.Adaptação para o blog: rev. Ronaldo P Mendes.

1 Comentário

  1. Amado Rev. Ronaldo

    Que A Graça e a Paz do Nosso Senhor Jesus Cristo, esteja abundante em sua vida…….

    Mais um excelente texto. E, este, com uma colocação que eu ainda não havia percebido em outros."Simonismo". Gostei muito da sua colocação.O senhor está Certíssimo. O Pentecostalismo e mais ainda o Neopentecotalismo é, uma figura deste personagem chamado Simão o magico, sitado por Lucas em At-8:18-21.Porém, os mais interessante é, que os "Simões",de hoje também dizem ter pago um preço para obter o poder para fazer sinais e prodígios, como eles mesmo dizem fazer. Curar enfermos, expulsar demônios e profetizar prosperidade para aqueles que "pagão pra ver". Pois que de graça recebe, de graça dá; porém que paga pra receber, vende a quem quer comprar.Creio, ser neste espírito, que as coisas acontecem nestes seguimentos.
    Deus tenha misericórdia deste povo ignorante e sem temor.
    Deus te abençoe……

Comentários não permitidos.