O CRISTÃO AUTÊNTICO

“Com que me apresentarei ao SENHOR e me inclinarei ante o Deus excelso? Virei perante ele com holocaustos, com bezerros de um ano? Agradar-se-á o SENHOR de milhares de carneiros, de dez mil ribeiros de azeite? Darei o meu primogênito pela minha transgressão, o fruto do meu corpo, pelo pecado da minha alma? Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é o que o SENHOR pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus. (Miquéias 6.6-8)
O profeta Miquéias profetizou no mesmo período que Isaías. A sua mensagem é carregada de julgamento e salvação de Deus. Julgamento por causa do pecado de Israel (cf 5.12-14) e salvação por causa da fidelidade de Deus à sua aliança (cf 2.12; 5.20). No contexto dos versículos citados acima (cap 6 –7), Deus julga o povo, não só isso, ele também dá a diretriz para “O cristão autêntico”. É possível sim sermos um cristão autêntico ou “verdadeiro”, “fiel”. Como ser um cristão autêntico? Deus diz que ele…
1) É ALGUÉM QUE PRATICA A JUSTIÇA (V.8B)
Que justiça se refere Miquéias? – No Antigo Testamento justiça é a lei de Moisés: “Falou mais Moisés, juntamente com os sacerdotes levitas, a todo o Israel, dizendo: Guarda silêncio e ouve, ó Israel! Hoje, vieste a ser povo do SENHOR, teu Deus. Portanto, obedecerás à voz do SENHOR, teu Deus, e lhe cumprirás os mandamentos e os estatutos que hoje te ordeno.” (Dt 27.9-10).
Paulo fala onde se manifesta essa justiça: “visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé.” (Rm 1.17) – Essa justiça que se revela no evangelho o crente autêntico deve praticar.
A Bíblia é inspirada por Deus para trazer justiça: “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça,” (2 Tm 3.16).
Deus diz que o cristão autêntico…
2) É ALGUÉM QUE AMA A MISERICÓRDIA (V.8C)
Deus dá o exemplo misericordioso. O povo em pecado e Deus agiu com misericórdia (cf Sl 124.1-2) – Deus não muda ele é misericordioso:“Porque o SENHOR é bom, a sua misericórdia dura para sempre, e, de geração em geração, a sua fidelidade.”(Sl 100.5).
“… ames a misericórdia…” (v.8c) – No hebraico essa palavra significa: “lealdade”, “amor inabalável”. Alguém que ama verdadeiramente o irmão (cf Rm 12.10) e ao próximo: “Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem;” (Mt 5.44).
Jesus orienta seu povo: “Sede misericordiosos, como também é misericordioso vosso Pai.” (Lc 6.36). Podemos pegar o exemplo do “bom samaritano” (Lc 10.33). Ele se compadeceu do necessitado.
Deus diz que ele…
3) É ALGUÉM QUE ANDA HUMILDEMENTE COM DEUS (V.8C)
O que é andar com Deus? – Em Gênesis 5.22 diz que Enoque “andou com Deus”, e quando lemos Hebreus vemos que esse andar significa que “… obteve testemunho de haver agradado a Deus.” (Hb 11.5). Entendemos que “andar” quer dizer “obedecer”, “seguir o exemplo”. Deus condenava o povo, ou o rei quando andavam nos caminhos errados, assim foi Abias rei de Judá.: “Andou em todos os pecados que seu pai havia cometido antes dele; e seu coração não foi perfeito para com o SENHOR, seu Deus, como o coração de Davi, seu pai.” (cf 1Rs 15.3).
Andar humildemente (v.8c) – Pode ser entendido como prudência, mas o que quer dizer isso? “alguém que evita faltas, ou perigos”, ou alguém que é “moderado”. Pedro nos oriente sobre isso: “aparte-se do mal, pratique o que é bom, busque a paz e empenhe-se por alcançá-la”.(1 Pe 3.10). Em suma: “andar humildemente com Deus” é viver uma vida santificada e procurando sempre evitar o mal, não dando lugar ao diabo. Assim como disse Paulo: “… procurai compreender qual a vontade do Senhor.” (Ef 5.17b)
CONCLUSÃO: Qual é o perfil do cristão autêntico? No texto que lemos podemos dizer que Deus puniu Israel por não agir como um “cristão” autêntico. Obedeçamos a Palavra do Senhor e sejamos pessoas que praticam a justiça de verdade, ou seja, obedece a Palavra, não somente por formalismo, mas em espírito e em verdade (cf Jo 4.23). Jesus disse que a nossa justiça deve exceder a dos fariseus, por quê? Porque eles não obedeciam e eram hipócritas. Devemos amar a misericórdia. Assim como Deus teve misericórdia de você tenha das outras pessoas. E por fim ande em santidade com Deus ou “humildemente”. É isso que ele requer de um cristão autêntico.
Por Rev.Ronaldo P Mendes